Estar

Meu ser que não passa de milhões de terminações nervosas, de sentidos abertos para tantos estímulos que em alguns momentos me é insuportável viver, e em outros é insuportável não ter cada sentido inundado, como se a não saturação extrema me fizesse sentir vazia.

Hoje, eu queria um rapaz ao meu lado na minha cama, para drenar dele todo o suor, o perfume, o sabor, texturas nas pontas dos meus dedos, a saliva, o esperma, fruir de todos os sorrisos, os olhares e sussuros, sentir-lhe o peso e a força juvenil, a pele clara, rija e morna, o brilho de tesão que parece emanar de dentro dele. Participante e ao mesmo tempo espectadora da vida que se desenrola enquanto eu congelo momentos em minha memória, eu quero a completude num átimo! Quero ser fulminada por um tanto de prazer que entorpeça inteira e me acenda a alma.

tumblr_m2dh3buqza1qaxnilo1_500
E em segredo eu peço, ao implorar que me penetre mais forte, que no orgasmo que me apaga o raciocínio, ele se ligue a mim para sempre no infinito, irmãos siameses ligados pelo prazer, onde todo amor é incesto na irmandade humana, e meu rapaz nada disso sabe e nem intui… mas se arremete nas minhas entranhas feliz e selvagem como deve ser, como sempre deveria ter sido a minha vida inteira.

Advertisements

One thought on “Estar

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s